14.12.05

os livros de 2005

hm. não fui uma boa menina esse ano, porque não anotei decentemente as coisas que eu li e agora me perco, porque não sei se foi esse ano ou não. seguindo as notas pra não errar feio, os livros mais marcantes do ano foram, por ordem de leitura:

I. good omens, terry pratchett & neil gaiman. não comece o apocalipse sem ele. e além de ser ótimo, fica aqui de símbolo de toda a quantidade absurda de coisas do Gaiman que eu li durante o ano, i.e., a coleção básica de sandman, books of magic, coraline, snow glass apples, american gods e por aí vai.

II. o evangelho segundo jesus cristo, josé saramago. porque, efetivamente, o Saramago é deus. quem mais havia de por numa discussão divina o trecho "talvez este Deus e o que há-de vir não sejam mais do que heterónimos, De quem, de quê, perguntou, curiosa, outra voz, De Pessoa, foi o que se percebeu, mas também podia ter sido, Da Pessoa"?

III. a trilogia de cinco livros do hitchhiker's guide to the galaxy, douglas adams. porque o importante é não entrar em pânico e lembrar que o passado é só uma desculpa etc.

IV. pico na veia, dalton trevisan, que também fica como símbolo da overdose de vampiro que eu tive no primeiro semestre, quando escolhi o dito-cujo como tema pro trabalho & pra infame aula de literatura brasileira.

V. harry potter and the half-blood prince, j.k.rowling. porque eu não nego meus vícios e Snape is my king etc.

menções honrosas pro de profundis, pra releitura de lavoura arcaica e rules of attraction e pros textos sortidos dos meus escritores pessoais.

No comments: