11.12.05

os filmes de 2005

de todos os filmes assistidos esse ano (não os lançados, como se pode reparar), os mais marcantes (não necessariamente os melhores, porque isso dá pra ver ordenando a listinha lá por nota) foram:


nós que aqui estamos por vós esperamos

porque WHOA. porque eu devia ter assistido há séculos. porque todo mundo devia ter assistido há séculos, provavelmente.



closer

[thank you for your honesty. now fuck off and die, you fucked up slag.]
porque, como diz uma das tagzinhas do filme, 'if you believe in love at first sight, take a closer look', mas, principalmente, como diz outra tagzinha, 'if you believe in love at first sight, you never stop looking'.



wilde

[i do believe in anything, provided it is incredible]
porque a vida do weird lover wilde é melhor que muita ficção. e o bosie é um vagabundo gostoso :B



sin city

[you're a saint. you're Mother Teresa. you're Elvis. you're God]
porque ainda existe lugar pra Beleza.



factotum

[some people never go crazy. what truly horrible lives they must lead]
porque o chinaski sabe que a vida é isso aí.

ah, também vai uma menção honrosa pra manderlay, porque o mundo realmente tende a ser uma bosta; pra nine songs, porque show de roque no cinema é supimpa; pra un long dimanche de fiançailles, porque mostra um amor que vai além do meiguinho; pra the dreamers, porque você não é um de nós; e pro sétimo selo, porque existe.

No comments: