3.4.10

all pie-eyed, and bog-eyed, and cross-eyed

eu quero ver um filme bom, ler um livro bom, ir num lugar bom. eu quero comprar mais livros mas não sei que livros quero. eu quero ler os livros que ganhei naquela promoção, mas não quero. eu quero comer porcaria ir no restaurante no mercado encher o pança o carrinho o cu. eu quero comprar aqueles sapatos que nunca custam menos do que 99,99, um preto e um vermelho. eu quero aquele vestido que parece uma camisa xadrez, e um aquele que parece um sobretudo, e aquele que parece um impermeável de velhos murchos exibicionistas. eu quero cortar e pintar e fazer penteados no meu cabelo. eu quero não passar mil horas fazendo nada na internet sentindo como se isso fosse uma obrigação opressiva e depois me sentir estúpida vazia cansada. eu quero que os gatos parem de soltar lufadas de pelo mesmo sem se mexer. eu quero ter o que por na agenda roxa tão bonitinha que comprei no extra. eu quero ter comprado aqueles ovos trufados de maracujá que esgotaram na cacaushow. eu quero não me sentir gordinha nervosa dançando pra entrar nas calças. eu quero fazer JUMP BOXE e emagrecer horrores, fazendo milagrosamente com que as minhas estrias & celulites se desmaterializem no meio tempo. eu quero voltar pra europa e não ficar doente de nada em nenhum momento e assim ter ânimo de fazer tudo que eu sonhava fazer. eu quero ter uso pra coitada da máquina de escrever. quero metade das meias do sockdreams, metade das coisas da lush, metade da gamecouk. eu quero ouvir discos tristes na minha vitrola e chorar tudo que há para se chorar. eu quero terminar essa última cartela de remédios de cabeça e nunca mais precisar de outra, nem de médico da cabeça. eu quero que as minhas pedras no rim tenham se teletrasportado pra fora do meu corpo. eu quero parar de fantasiar maniacamente com pessoas imaginárias e me interessar por novas pessoas de verdade. quero que o claude troisgros venha na minha casa me ensinar a fazer churrasco.

No comments: