31.5.08

language arts

quero viver de artes da linguagem. não como faço agora, escrevendo emails & desmandando & delegando tarefas & respondendo dúvidas & palestrando aulas & explicando procedimentos & convencendo todo mundo que eu Sei O Que Estou Fazendo.

não é convencer que quero, quando faço as coisas que importam, que farei, se um dia escrevo Grande Romance Moderno & se canto canção-a-penélope & se diario no blogue. não é credibilidade, ou respeito, ou admiração. é só MILHÕESDECOISAS saindo mas não deixando o lugar de origem nunca. metade do que tem aqui é metabobice, porque eu só tenho analisar mas não sei por em prática. dizer & desdizer movimenta, mas não alimenta a boca, não esquenta as mãos.

que mundo esse aí, que me paga em X reais a hora ao invés de.

No comments: