23.12.07

in manner of bridget jones

eccentric in a quaint way, like dessert spoons.

sudden desire to write in english like great modern poetess surrounded by cigarette ashes & overturned bottles of cheap wine. sadly not modern nor poetess nor addicted pitiful being of any kind, so will make effort to write in portuguese.

fim de ano ouvindo cançonetas & pensando em fazer pipoca pra assistir Love Actually. quedê lista de livros & filmes? preguiça. pensei em contabilizar quilos engordados (3), séries assistidas (5) e reais gastos com livros durante o ano, mas temo enfarte súbito por ser muito frágil & sensível pessoa doentia.

refletindo sobre o ano reparo que quase nada comentei aqui, e de certa forma sinto falta de ter um registro verbal e/ou fotográfico, planejando talvez voltar a manter cadernos de notas. caminhando d'agora para antes poderia comentar aventurosa viagem de trem da safadeza & amados amigos que são a nata dos seres humanos mas que só vejo uma vez por ano devido a bizarra & possivelmente não-proposital estratégia isolacionista.

(recebi recentemente a informação de que sou pessoa difícil, o que foi uma surpresa assimilada & aceita de forma rápida, devido principalmente ao isolacionismo mencionado acima. realmente não havia reparado.)

essas relações amorosas são tão particulares & delicadas que temo comentar passeios & conversas & cometer vulgaridades comparáveis a divulgar em centímetros cúbicos o tamanho do pau do último amante, com direito a pequeno esboço em anexo.

para terminar em nota mais amena, compartilho linda descoberta do ano em forma de seriado chamado pushing daisies, contanto a triste história de um sujeito fazedor de tortas capaz de ressuscitar os mortos ("so you touch dead people, they come back to life and you ask who killed them, then you touch them again and they die?"). resumo de forma mais compreensível no vídeo a seguir:



feliz natal & próspero ano-novo hohoho?

No comments: