9.11.07

three's a crowd.

na uma hora e meia a mais que eu dormi essa manhã, tive todos os sonhos acumulados da semana em um só. pacote econômico!

estou eu no apartamento que é em um prédio bizarrissimo com enormes vãos entre as paredes e o chão quando decido sair para fazer sabe-se-lá-o-que. no corredor, existem mais vãos enormes e coisas caindo entre um andar & outro, e inclusive um misterioso terraço com algumas máquinas de lavar roupa gigantescas. quando vou examinar o tal terraço, me aparecem o ricardo e seus dois (!) irmãos gêmeos (!!!), o que eu acho extremamente suspeito, visto que, pô, depois de dez anos é de se supor que eu soubesse uma coisa dessas, né?

pois bem, depois de me conformar com a existência dos tais irmãos, voltamos todos pro apartamento e ficamos na sala conversando. após algum tempo, reparo que todos os três estão descaradamente dando em cima de mim & me acariciando & flertandinho, e aí vem a grande surpresa: ao invés de uma Grande Orgia, eu me sinto mal e vou embora. tá certo que eles eram todos igualmente gactos, mas eu sabia que eles não eram o ricardo e, sei lá, pareciam meio afobadões. não queria dividir!

como tenho medo de o elevador acabar caindo por entre os vãos do prédio, desço pelas escadas e descubro que um sebo espalhou pilhas & pilhas de livros por todos os andares. começo a cavocar e encontro várias edições de strangers in paradise, que vou juntando sorridente em meio à poeira. quando vou consultar os preços na tabelinha cheia de simbolozinhos zodiacais, descubro que cada um custa R$150, conseqüentemente fazendo-me gritar, para terror do porteiro, que com esse preço eu compraria a coleção inteira, exclamação.

me resigno a voltar pra casa mesmo sabendo que os tais irmãos ainda estariam lá, só pra poder encomendar os livros de uma vez, antes que minha fúria passasse. quanto todo a campainha, a música dramática sobe & os três abrem a porta com uns sorrisos predadores que mereciam um conto do Poe só pra eles. entro, a porta fecha, o sonho acaba.

No comments: