27.11.07

o amor, essa coisa, sabe como é.

seguro com as duas mãos a xícara de chá & penso em todas as vezes que nos cruzamos na rua desconhecidos, enquanto a vida tramava nossas meadas. estudei francês esses anos todos só pra te amar com charme & baiser ta bouche (laisse-moi baiser ta bouche, Iokanaan). e mesmo quando eu ainda era pequena demais pra saber dessas coisas - amor, charme, beijos -, já treinava secretamente como te contar tudo sem usar palavras & reorganizar as rodas dentadas da minha mente pra sincronizar com as suas. o que, no fundo, dá na mesma. tic, tac.

No comments: