22.2.06

é só roquemrou, mas eu gosto.

já aprendi que show de roque envolve um estômago forte, sapatos confortáveis, pele tostada, suores noturnos, carne moída, surdez, horas môfas em filas e uma estranha consciência da disposição de todos os seus ossos. porque o amor não é a coisa-fácil etc.

por exemplo.

tá, eu fui pra copacabanana no fim de semana, mas quem-sabe-sabe que eu não sou louca pelos stones a ponto de me socar entre um milhão-e-meio de gentes. na areia do rio de janeiro matriz do inferno, ainda por cima. fui pra estar com ele & com ela & pra, bem, sentir o que era aquilo tudo. porque a sensação, bem (não é de frio nem de calor, diria o breteastonellis), é dança tribal, litania mítica vibrando as cordas internas, sacrifício de humores & outros líquidos vitais.

e aí ontem eu fui no morumbi. claro, tipicamente tostei as costas & rosto, quase vomitei, enquadradei a bunda nos pavimentos etc. mas, quando os portões abrem e todo o rebanho se bate & atropela, e você percebe (por detrás do êxtase primitivo) que conseguiu entra n'O Lugar do matadouro de almas, de repente é oquei ter camuflado a câmera entre barras de cereal & acordado mega-cedo. valem, sim, todas as horas no por-vir em que seus pés parecerão feitos de gosma indefinida & tomarás água com sabor duvidoso & serás acotovelado e/ou pisoteado em locais nunca dantes imaginados.

porque.

porque você está a cinco metros de uma das passarelas do palco. porque logo vão fechar a hotarea e você circulará em paz no lugar vip-mor-pra-caralho. porque faltam mais de cinco horas pro show de abertura & vão testar o som em minutos. porque ao invés de gentes aleatórias fazendo sons bizarros nos microfones, aparece o franzferdinand completo e toca. porque caem dos céus saquinhos grátis de água com os dizeres: 'esta água tem a mesma qualidade da que você recebe em sua torneira' & muitos deles estouram nas suas costas queimadas. porque o estádio enche enche enche. porque toca hang the dj & blister in the sun & my-my-my sharona. porque você dança com o seu amor. porque se apoiam nas pernas um do outro pra sentar num espacinho de chão em que qualquer um juraria que não cabem mais que dois pés. porque you're so lucky, lucky-lucky-lucky. porque eles tocaram a bateria a três & tive que dizer 'vou comer a sua bunda' pro kapranos (o que é um dos maiores elogios do mundo, a meu ver). porque 1-2-3-14. porque i threw away the key.

enfim. porque sim, porra.

No comments: