18.10.05

i don't want a straw (i want real human moments)

show me how you do that trick
the one that makes me scream

"meu coração é um balde despejado", ele disse. ela pegou uma vassoura & secou toda a água suja do chão. torceu o esfregão com pouca delicadeza. é e isso: suspiros com bolinha de sabão & perninhas de barata. "enrola teu sonho no meu", ela pediu. beijos com gosto & espuma de pasta de dente. pares de braços alcançando o que podem alcançar, dez laços onde os dedos se acham. tanto sono. no outro dia, o gato comeu Sua língua, e deus nenhum responde às preces. um buraco onde era pra estar o sol. estão em países diferentes e não têm idéia de que língua o outro fala. ela se distrai montando fantoches de meia, ele tosse. acordam. ela não consegue encontrar a calcinha. a poucos metros uma sirene canta. "já?", "já". é dia doze, uma quinta-feira, e são oito e vinte e seis da manhã.

No comments: