31.8.05

"é vida o nome disso", parte 341

x e y observam um sujeito plantar uma porção de flores em uma região um tanto quanto íngreme da unicamp, primeiro circunscrevendo um círculo de plantas e então preenchendo-o diligentemente. travam o seguinte diálogo:

[x] não vai funcionar.
[y] quê?
[x] não vai dar pra preencher o círculo que ele fez, vai faltar. ele vai ter que refazer tudo no final.
[y] você tá agourando o trabalho do sujeito?
[x] não, tô falando só. no final, ele vai ter que lutar contra aquilo que planejou.
[y] lutar contra o que ele planejou?
[x] é.
[y] hm. é vida o nome disso :P

No comments: