5.8.05

querido diário

queria falar um monte de coisa e contar e tudo mas NEM. porque é tanta coisa que eu quero falar do que tem por fora, não por dentro. não quero inventar mais, quero contar. dessa vez, só, me deixa dizer como é.

vou contar que dormi pela primeira vez com uma mulher de verdade, completamente real & radiante, que me fez tacos e me fez rir como eu tinha esquecido ou quiçá nunca soube. quero contar que saí da formatura agora e que sou licenciadaemletras e que apesar das esperanças de ficar junto do herói (h-h vem logo antes de méquibyotchizinha na ordem alfanumérica dos gênios) o mundo me frustrou e me enfiou num canto onde ninguém me pegava na mão, apesar das minhas über-meias vermelhebrancas. quero contar que o bosie é gostoso feito pizza de brigadeiro (bora se comer) e yeah yeah yeah estou apaixonada e o escambáu e ainda por cima ele ficou jogando o cabelo na cara durante a cerimônia e eu queria descer e meter meu canudo na cabeça dele. quero contar do meu projeto de mestrado e dos meus três cems (incluindo didática, fear my mad teaching skills) e um nove e meio no último semestre. quero contar da confusão toda (love without complications galore? só com o coin-operated boy mesmo) e de como eu queria pensar que, bem, tem solução como estender o fio de um novelo emaranhado mas sei que não é fio de lã e sim veias de sangue e impulsos eletro-sentimentais. quero contar que estou desempregada e é a hora ideal de me oferecerem aquele superemprego numa editora superlegal (mas pra começar só no mês que vem, viu?). quero contar do YES I TASTE etc etc etc.

quero citar sobre as ligações entre distância e espaço mas não vou esticar o braço e puxar o livro. quero dormir. quero que seja sábado, pra eu estar na frente do palco no show do cake com minha camiseta de porco. quero que seja algum ponto da semana que vem em que eu possa deitar no colo dele comendo salada de frutas e respirando fundo. quero que seja antes de ontem. quero chegar na unicamp pela primeira vez. montauk. bocejos. fraqueza nos braços pernas cérebro narinas joelhos coração tripas aura

ih, olha só, já começou a enrolação. tchau e até.

No comments: