21.8.05

era uma vez e outra vez e outra vez e

nosso amor já sabe ler e escrever
já é grande o bastante para deixar a gente viver



[para tão longo amor, tão curta vida.]

No comments: