6.12.04

m. litt.

eu percebi que sempre que eu abro algum documento acadêmico pra completar, me dá vontade de escrever aqui. assim, pra fugir dos parágrafos chatos.

mas agora, ainda por cima, estou nervosa, porque fui lá na página do lugar pra imprimir o formulário e ir treinando, mas não tá mais, porque as inscrições abrem dia 3 de janeiro e eles vão dar uma reformulada.

recapitulando: eu me formo em julho do ano que vem. licenciada em letras, uh, etc. aí eu vou prestar mestrado nesse lugar aí. é lá fora, é uma bolsa de estudos, são três anos. o formulário tinha umas vinte páginas, e eu preciso juntar currículos e históricos e inclusive cartas de apresentação. quem, eu me pergunto, ia escrever uma carta convencendo os estrangeiros a me aceitarem em xxx por três anos, pagando pra eu estudar? afinal, eu tenho que convencer eles de quê? de que eu sou uma ótima estudante? de que eu sou criativa? de que vai valer a pena misturar o meu nome com o dos Famosos? de que eu (ha) compenso?

penso que claro, desgraças acontecem e eu posso levar bomba em qualquer uma das matérias, o que me impediria de prestar o exame ano que vem, já que a prova é de meio de ano. e eu sei que se eu não prestar ano que vem, dificilmente vou me animar a prestar no outro, vou acabar tentando me mestrar aqui na unicamp mesmo, essas coisas provincianas (har har har).

eu nem sei direito se eu quero mesmo ir pra lá. quer dizer, são três anos, são milhares & milhares de quilômetros e eu ainda não sei porque diabos eu faço letras. claro, deve ter gente vibrando com a idéia de me mandar pelos ares pro mais longe possível, mas sei lá. morar em xxx deve ser tão diferente daqui? de que me vale, dizia o Campos, ter visto a índia e a china, se a terra é semelhante e pequenina e há somente uma maneira de viver?

mas eu quero, pelo menos, tentar. mesmo porque caso me aceitem pra fazer os testes (a seleção internacional da papelada chama 20 pessoas, pra se espancar nas entrevistas e provas e textos e traduções por 10 vagas), é lá. assim, em julho, lá.

e eu nem mando cartões postais pra vocês :P

No comments: