23.9.04

não dá jeito

já dizia o B.S. que a vida é um novelo que alguém emaranhou, uma linha que se posta de comprido, desatados os nós e enrolada em ordem, faria sentido, mas assim é impossível.

às vezes eu queria calar a boca por dentro. essa tagarelice pública toda, ou mesmo a privada no peep show particular que eu divido com pessoas específicas, não é um décimo do que eu tenho que aguentar. sem parar.

vontade de chorar umas lágrimas quentes, destilar numa colherzinha enferrujada em cima de um isqueiro bic e injetar um refugo de pasta salgada & triste na veia, tipo dógras. será que dá barato?

assim, assim é impossível.

No comments: