27.8.04

oboé

tic tac
será que você tem gosto de cravo
ou de oboé?
(não esqueça de respirar)
pensei em morder discretamente a barra da sua calça
mas sou desastrada demais,
sempre tenho tambores e desordem
boom booom boooom
o espírito está disposto,
mas a carne é fraca
.
todos os sentidos em fogo:
abafo a fumaça piscando devagar.
ninguém percebe.
através dos séculos de uma hora e meia,
estendo os dedos e...
(ninguém, nem você percebe)
de repente,
os trilhos seguem, sem o trem.
-

(esse aqui é tão chique que recebeu até crítica. whoa)

No comments: