5.7.04

biblioteca

vida.1

sim sim sim ela estava aberta, a biblioteca estava aberta, eu entrei aos tropeções senti o cheiro de papel & percebi que inclusive sentia falta do barulho do meu tênis no chão emborrachado além de tocar tocar tocar as folhas todas amareladas, folhear, ah ah sim ela estava aberta, livros cadeiras luzes de emergência, mesmo que tenham me botado pra fora depois que tocou a sineta (bééééééé, estamos fechando), ela estava aberta toda aberta pernas abertas só pra mim.

e mesmo que tenham me botado pra fora, tudo bem, porque o DCB não chegou nem a entrar. ha. viva a desgraça alheia.

::cai no chão babando::

No comments: