13.12.03

continuando...

Cinco Melhores Elogios de 2003

1. "Me sinto naquele programa do Abujamra...", disse o Ricardo.

2. "Deu pra perceber que você também é bem vertiginosa", disse o Sr. Dr. Prof. F., depois de uma apresentação minha sobre literatura modernista.

3. "Quando eu contei que morava no prédio do lado, a mulher do salão de beleza perguntou se eu conhecia a Kelly, e quando eu perguntei se era uma de cabelo vermelho, bem esquisita, ela concordou.", disse a T.

4. "E se tudo o que você diz é merda, quero que me encha de merda.", disse o Ricardo.

5. "O estranhamento que vc me causa, K., em intensidade e mesmo no jeito, me lembra o que senti ao ler T. S. Eliot pela primeira vez.", disse o L.



Cinco Músicas Marcantes de 2003

1. Feel in Love with a Girl, White Stripes (i must be fine 'cause my heart is still beating).

2. O Hacker, Zeca Baleiro. (vem meu amor, vamo invadi um site, vamo faze um filho, vamo criá um virus... traficar armas, poemas de rimbaud)

3. I Will Survive, Cake. (weren't you the one who tried to break me with desire?)

4. Not a Pretty Girl, Ani Difranco. (i am not a kitten stuck up a tree somewhere)

5. There's a Light that Never Goes Out, Smiths. (i never ever want to go home... because i haven't got one)

e antes que me perguntem os cinco melhores xingamentos do ano, eu digo que nem anotei, porque nunga me xingam de coisas legais. vai ver eu não sou tão interessante assim. :/

No comments: