29.11.03

Como eu não conheci a Camille Paglia antes? Hein, hein, hein?

"Eu me oponho é ao anti-intelectualismo do feminismo contemporâneo. Feminismo, nessa fase atual, começou como um movimento de individualistas excêntricas, mas se petrificou numa espécie de culto. (...) São pessoas procurando uma identidade. Pessoas que absolutamente não examinaram suas próprias suposições. Elas não são intelectuais, e consequentemente, quando você as desafia, acabam se tornando altamente emocionais porque não tem equipamento para te responder."
(Vamps & Tramps)

"A virgindade é categoricamente diferente para os sexos. Um menino que se torna homem busca experiência. O pênis é como o olho ou a mão, uma extensão do ego que se projeta para fora. Mas a menina é um vaso lacrado, que tem de ser arrombado pela força. O corpo feminino é o protótipo de todos os espaços sagrados, do santuário na caverna ao tempo e à igreja. (...) Tudo que é sagrado e inviolável provoca profanação e violação. Todo crime que pode ser cometido, será."
(Personas Sexuais)

No comments: